6 conceitos essenciais para treinamentos corporativos em 2022

6 conceitos essenciais para treinamentos corporativos em 2022

Entenda os principais conceitos de treinamentos corporativos que farão com que sua empresa alcance os melhores resultados em 2022 e além.

O e-learning corporativo faz cada vez mais parte da realidade de organizações modernas. De acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento, em 2021 as empresas devem investir 20% mais em treinamento e desenvolvimento (T&D), na comparação com o ano anterior.

Muitas organizações apoiam essa ideia e consideram o treinamento corporativo uma parte essencial do investimento e da estratégia de crescimento de uma empresa. O World Economic Forum estima que até 2025 o ensino dentro das empresas será oferecido a mais de 70% dos colaboradores, crescimento que segue alinhado à tendência do ensino online.

Optar pelos treinamentos online traz diversos benefícios, como visibilidade de métricas e resultados, maior escalabilidade do projeto e redução de custos, mas também é importante garantir que essas iniciativas estejam de acordo com os conceitos essenciais que vão continuar norteando as capacitações corporativas em 2022.

Treinamentos corporativos em 2022: conceitos essenciais

Lifelong learning 

O conceito de lifelong learning surgiu da visão de três órgãos internacionais (UNESCO, Conselho Europeu e a OECD) no início da década de 70, com o propósito de reformular as metodologias de educação na Europa. Entretanto, esse novo modelo de aprendizagem contínua só se popularizou a partir de um relatório da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI da UNESCO, de 2010. 

Esse processo estimula o desenvolvimento pessoal e profissional de maneira voluntária, proativa e permanente, a partir de experiências de aprendizagem. Ou seja, trata-se da aprendizagem ao longo da vida ou educação continuada, abordando a necessidade de os indivíduos estarem constantemente estudando e se desenvolvendo. É nesse foco do aprendizado constante que o conceito se baseia para ter os quatro pilares fundamentais do lifelong learning: aprender a conhecer, a fazer, a conviver e a ser. 

Foco no colaborador (employee centric) 

O conceito de employee centric é uma mudança de posicionamento no qual o foco da organização é, antes de mais nada, nos colaboradores.  

Uma empresa que coloca o funcionário como protagonista cria um ambiente de trabalho que proporciona oportunidades e incentivos aos seus profissionais, mostrando que a organização cuida, se preocupa, valoriza e respeita seus membros.   

Esse foco no colaborador acaba se refletindo na forma como a marca se relaciona com seus consumidores. Afinal, os trabalhadores são os melhores embaixadores de uma marca e, ao mesmo tempo, clientes internos da empresa. 

Upskilling e reskilling 

Alinhado ao conceito de lifelong learning ou aprendizado contínuo, a ideia do upskilling é promover o desenvolvimento em áreas e habilidades que os profissionais já apresentam algum nível de domínio. Para responder a um ambiente em constante mudança, é necessário aprender continuamente, fortalecer os conhecimentos adquiridos anteriormente e adquirir novos. 

Já o reskilling é quando um profissional busca desenvolver novas habilidades para desempenhar outras funções ou se requalificar. Esse conceito é importante para que o profissional consiga acompanhar as mudanças tecnológicas e, consequentemente, o mercado de trabalho. 

Hiper personalização (hyper-personalization) 

Como o próprio nome sugere, hiper personalização é um conceito no qual a experiência de ensino é altamente customizada para cada indivíduo. No contexto de T&D, ele se aplica a plataformas que oferecem uma jornada de aprendizagem baseada nos objetivos e interesses de cada aluno e personalizar seu programa de treinamento, por meio da utilização de inteligência artificial.  

Isso significa que a plataforma aprende sobre as características únicas de cada indivíduo, não apenas para trabalhar em áreas mais urgentes de melhoria, mas também para fornecer conteúdo relevante que garantirá o engajamento dos funcionários em todo o programa. 

Bem-estar (wellbeing) 

Pensar no bem-estar das pessoas nunca esteve tão em pauta. Com cada vez mais pessoas sentindo uma queda em relação ao seu bem-estar mental, é essencial eliminar conceitos equivocados sobre o tema da saúde mental e criar um ambiente seguro de apoio.

Treinamentos corporativos para saúde mental devem ensinar aos colaboradores sobre as condições comuns de trabalho e educá-los a reconhecer os sinais de problemas de saúde mental em seus colegas e si próprios, como estresse, esgotamento, ansiedade e a depressão.  

Diversidade e inclusão 

Um estudo sobre diversidade realizado pela McKinsey mostra que as empresas com times de executivos com maior variedade de perfis são mais lucrativas. As companhias com maior diversidade de gênero da amostra possuem 21% mais chances de apresentar resultados acima da média do mercado do que as empresas com menor diversidade do grupo. No caso da diversidade cultural e étnica, esse número sobe para 33%

É simples de entender: indivíduos diferentes têm realidades diferentes. Combinar pessoas com experiências e culturas diversas contribui para melhorar o negócio com novas ideias e novas perspectivas.  

Colocando esses conceitos em prática

A Voxy combina tecnologia inovadora e metodologia eficaz para oferecer um treinamento de inglês para empresas alinhado às melhores práticas e os conceitos mais relevantes para o futuro do treinamento e desenvolvimento.

Se quiser saber mais sobre como usamos  inteligência artificial para oferecer conteúdo personalizado individualmente de forma totalmente online e incentivar o aprendizado constante, agende uma demonstração com a nossa equipe de especialistas.

Saiba mais sobre treinamentos modernos de idiomas e boas práticas de T&D!
Recursos Gratuitos