онлайн займы на карту срочно

O papel das empresas e DHO no cuidado com a saúde mental

O papel das empresas e DHO no cuidado com a saúde mental

Sua empresa já implementou políticas de bem estar e saúde mental? Entenda a força do Setembro Amarelo e veja ideias para alta produtividade.

O mês de setembro é conhecido mundialmente por ser o mês da prevenção ao suicídio por conta do Setembro Amarelo, uma campanha que teve início no Brasil, em 2015, organizada pelo Centro de Valorização da Vida (CVV) e que tem como objetivo informar e conscientizar sobre a prevenção do suícidio e cuidados com a saúde mental.

Segundo dados da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAN), da OMS, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio todos os anos, e sabemos que doenças mentais como a depressão e a ansiedade estão intimamente ligadas a esse número. Trazendo essa discussão para o ambiente de trabalho, os dados mostram que, em dez anos, os números de notificações de transtornos mentais relacionados ao trabalho passaram de 122 para 8621.

Diante desse cenário, o que as empresas podem fazer para cuidar da saúde mental de suas equipes?

Criar um ambiente organizacional saudável e humanizado

Ambientes de trabalho saudáveis promovem o bem-estar dos colaboradores. São espaços positivos, de produtividade e colaboração, que permitem que cada pessoa possa desempenhar seu trabalho sem que isso tenha algum impacto negativo em sua vida.

No entanto, com um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, o que vemos é que manter uma carreira estável, com bons rendimentos e alto nível de produtividade, pode ser sinônimo de estresse. Somando a isso todas as mudanças causadas pela pandemia do coronavírus, é sensível a mudança na relação das pessoas com seus trabalhos.

Por isso é importante que as empresas, apoiadas pelo RH e pela alta liderança, desenvolvam uma boa cultura organizacional que valorize os funcionários, promova o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional e coloque em prática políticas de bem-estar. Além de serem essenciais para a saúde dos colaboradores, essas medidas também vão impactar positivamente os resultados dos negócios.

Conscientizar os colaboradores sobre saúde mental

Acabar com o tabu sobre saúde mental dentro da empresa é um dos passos mais importantes a se dar. Investir em comunicação, palestras, treinamentos para que os funcionários saibam discernir possíveis sintomas e prevenir doenças psicológicas. Além disso, a conscientização da alta liderança e dos gestores também é imprescindível, dessa forma, cria-se uma rede de apoio dentro da organização.

Aqui na Voxy, temos implementado ações que buscam conscientizar os colaboradores sobre o tema e estimular práticas de autocuidado, além de compreender o cenário de cada colaborador e possibilitar ações personalizadas para aumentar o bem estar no dia a dia. Por isso, em 2020 reestruturamos o nosso pacote de benefícios para nos adequarmos ao trabalho remoto e à flexibilização de horários que ele traz. 

Instituímos um budget mensal para despesas com saúde e bem-estar e, em um levantamento recente, vimos que este tem sido utilizado de várias maneiras que vão desde sessões de terapia à compra produtos de cuidado com a pele e cabelo. Colocamos em prática o Mental Health Day, que consiste em um dia de folga por trimestre para todos os colaboradores, garantindo uma pausa na rotina de trabalho e uma forma de encorajamos nossos funcionários a tirarem um momento para cuidarem de si. E passamos a promover sessões de treinamento mensais – as Wellness Sessions -, que abordam diversos temas que se relacionam ao bem-estar e à saúde mental, acompanhados de dicas práticas e momentos de relaxamento com desk yoga e meditações guiadas, por exemplo.

Também realizamos uma pesquisa interna recentemente para que os funcionários pudessem dizer o que eles fazem para cuidar da sua saúde mental, dos demais ao seu redor e quais dicas eles poderiam dar sobre o assunto. Tivemos respostas bem interessantes, como:

Tento ter horários de trabalho claros, estabelecendo limites e até mesmo fazendo algumas pausas rápidas durante o dia para evitar ficar sentado em frente ao computador por longos períodos de tempo.

Certifique-se de se manter conectado com amigos e parentes – entre em contato se não fala com eles há muito tempo e inicie algumas ligações ou chamadas de zoom.

Implementar e divulgar canais de apoio a saúde mental

A prevenção do suicídio e a discussão sobre saúde mental vai muito além da campanha do Setembro Amarelo, é um assunto recorrente que deve ser trabalhado o ano inteiro. Por isso, não apenas comunicar sobre o assunto, mas é muito importante que as organizações possuam canais em que o colaborador possa buscar apoio quando necessário. 

Além dos canais internos da empresa, o Centro de Valorização (CVV) é uma associação civil sem fins lucrativos que oferece apoio emocional e atua na prevenção do suicídio. Basta discar 188 ou acessar o chat no site: www.cvv.org.br