O papel essencial da liderança na comunicação remota

O papel essencial da liderança na comunicação remota

Confira as melhores práticas para líderes otimizarem sua comunicação remota e contribuírem para o sucesso de suas equipes de trabalho.

Você sabia que a falha na comunicação é um dos problemas mais recorrentes em uma empresa? E falando de um ambiente remoto, pode imaginar este impacto dobrado. É por isso que a comunicação é um elemento tão importante na liderança eficaz de equipes remotas.

Para entender melhor, podemos voltar muito tempo na história da humanidade. Há milhares de anos, antes mesmo de existir uma linguagem estruturada, tanto falada quanto escrita, a comunicação era feita através de símbolos e gestos. Na verdade, até os dias de hoje complementamos a fala utilizando a linguagem corporal – expressão facial, gestos e contato visual.

Mas o desafio é que quando estamos liderando equipes em um ambiente remoto, estes sinais tornam-se menos intensos. Sem essas pistas visuais, como confirmações de entendimento, há um empobrecimento da interação, criando a possibilidade de redução do interesse de quem recebe a mensagem. Até interrupções para solicitar uma nova explicação de algo que não foi compreendido torna-se menos provável de acontecer, já que fica o sentimento de que é melhor não interromper e deixar seguir.

Os componentes de uma comunicação remota eficiente

Uma pesquisa do professor emérito de psicologia Albert Mehrabian da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, também mostrou que a comunicação humana é composta por mais do que palavras. Veja o detalhamento do estudo sobre os componentes da comunicação:

  • 55% vem de expressões faciais e linguagem corporal
  • 38% provém de inflexão vocal e tom de voz
  • 7% vem das próprias palavras

É por isso que o uso de câmeras no trabalho remoto é tão importante: ele possibilita a transmissão de pistas visuais, aumentando a percepção de entendimento, por exemplo, trazendo mais chances para perguntas e melhoria da interação e diálogo como um todo. Quanto mais ricos os recursos utilizados na comunicação, maior é a conexão emocional e mais fácil será a construção da confiança, conforme comentado em meu artigo recente.

O papel do líder na comunicação remota

Além da linguagem não verbal, outro ponto interessante se refere ao poder do líder remoto para levar mensagem ao time.

Considerando que os membros da equipe atuam de forma mais isolada e individualizada, é o líder que faz as conexões entre a organização e os colaboradores, reforçando valores, cultura e propósito. O líder é a ponte indispensável na comunicação remota.

É importante aproveitar as facilidades do trabalho remoto, como a riqueza de recursos tecnológicos, ferramentas e canais de comunicação para praticar a técnica de overcommunication, ou seja, esclarecer e expressar o conteúdo da mensagem em diferentes canais para garantir a sua compreensão.

Embora isso pareça redundante em um primeiro momento, essa é uma boa tática aplicada em países onde o trabalho remoto já flui com bastante maturidade. Aproveitar as tecnologias para criar centros de compartilhamento de conhecimento tanto na própria equipe como entre outras equipes também é uma grande vantagem em ambientes remotos.

Boas práticas na comunicação remota

Vale também reforçar a importância do formato da mensagem que o líder quer transmitir. Essas mensagens devem ser simples, frequentes e diretas, porém específicas e seletivas o suficiente para que a comunicação efetivamente apoie todo o time. É importante evitar o excesso de dados que podem apenas poluir os repositórios sem terem muita utilidade para o time.

Atenção: é fundamental que o líder esteja disponível para esclarecer dúvidas, pois é extremamente natural estas ocorrerem enquanto os membros do seu time atuam remotamente.

Por fim, tenha sempre em mente que o diálogo aberto e transparente é indispensável. Isso significa praticar a escuta ativa e aberta, realizar checagens de entendimento, dar oportunidade para todos se expressarem, sempre com respeito, e valorizando a opinião da equipe. O diálogo aberto e transparente possui peso dobrado no trabalho remoto, por isso, atente-se a este tópico.

Concluindo, podemos afirmar que a boa comunicação entre o líder e seu time remoto depende muito da qualidade da mensagem e dos canais e ferramentas que serão utilizados para transmiti-la. Por isso, esteja sempre próximo da sua equipe para criar, juntos, uma estratégia que funcione para todos.

Saiba mais sobre treinamentos modernos de idiomas e boas práticas de T&D!
Recursos Gratuitos