онлайн займы на карту срочно

Produção Escrita em Aulas de Idiomas

Por Dra. Katharine B. Nielson –

Uma das perguntas que mais ouço de professores durante a implantação de cursos de idiomas online é como estruturar a comunicação entre as pessoas. Eles perguntam porque a observação empírica sobre ensino à distância confirma que o engajamento dos alunos é condicionado ao sentimento de pertencer a um grupo. Isso também afeta os resultados. Por isso, professores de cursos online recebem treinamento para criar o ‘engajamento com a comunidade’ através de atividades direcionadas em seus cursos, pedindo que os alunos interajam em fóruns de discussão sobre diversos assuntos ao longo do semestre.

Deixando de lado a artificialidade deste exercício, ele pode fazer mal aos alunos. Quando os aprendizes de um idioma se comunicam, eles erram. Mas isso não é culpa deles. Não há maneira de aprender um novo idioma sem errar, isso faz parte do processo. Quando os erros acontecem em interações reais, eles passam despercebidos. Os professores podem ajudar a esclarecer as dúvidas que geraram o erro e os alunos acabam sendo expostos ao conteúdo autêntico e apropriado.

Pensem em um curso à distância com uma das atividades obrigatórias sendo um fórum de discussão. Dezenas de aprendizes estão soltos pelo fórum, dando opiniões, comentando nas publicações uns dos outros e tendo conversas repletas de erros. Por exemplo: ‘Last week, I wented to the office and applied for passport for my childs.’ Esses erros são naturais e esperados em aprendizes de segunda língua. Contudo, se são publicados online, eles se tornam fonte de aprendizado incorreto para dezenas de outros aprendizes que são obrigados a interagir com o conteúdo. Os alunos não precisam saber que childs não é uma forma correta de plural nem que o passado do verbo ir é went, e não wented.

Idealmente, o professor deveria corrigir as interações entre os alunos e pedir que identifiquem e corrijam possíveis erros. Entretanto, essa atividade não costumar fazer parte das tarefas de monitoramento de fóruns de discussão online com interações em língua estrangeira. Então qual é a solução?

Que tal pensarmos uma nova forma para comunicações públicas, por escrito e não realizadas em tempo real? Alunos e professores podem compartilhar um documento e trabalharem juntos na criação do texto em tempo real. Os alunos podem cometer erros normais de desenvolvimento e o professor ajuda a esclarecer as dúvidas em tempo real, quando os alunos estão mais propensos a entender a correção e fazer perguntas sobre ela.

Ao fim da lição, alunos e professores têm um documento criado coletivamente, possivelmente com uma discussão anexa, cheio de expressões da língua usadas em interações reais. Essa metodologia é excelente para línguas estrangeiras. Isso permite que eles criem algo que seja real a partir de tarefas em um ambiente verdadeiramente colaborativo e coletivo. Com isso os alunos podem se engajar com a comunidade sem consumir conteúdo indevido de fóruns sem monitoramento. Com essa solução, os cursos de idioma online ficam livres do emaranhados de discussões dos fóruns que mais atrapalham que ajudam aos alunos.

Dr. Katharine B. Nielson, PhD, is Voxy’s Chief Education Officer.